0

A CRIAÇÃO LITERÁRIA

SAM_4200

DISPONÍVEL

Livro de MASSAUD MOISÉS.

Todo livro tem sua história. A deste, começa praticamente quando, em março de 1932, iniciei minha atividade docente nas Faculdades de Filosofia, Ciência e Letras da Universidade de São Paulo e da Universidade Mackenzie. Ao longo dos anos que medeiam entre aquela data e hoje, as questões mais candentes da problemática literária foram objeto de exame no diálogo metódico com os alunos, alguns dos quais atualmente empenhados na docência universitária. a eles foram expostos, dentro e fora das aulas, as ideias que eu ia sedimentando. Naturalmente, alguns deles transpiraram minhas reflexões, antes que eu as reduzisse a termo… Mas em 1958, redigi um breve estudo, espécie de balão de ensaio, acerca das distinções qualitativas entre Conto, Novela e Romance, e publiquei-o no Anuário da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras “Sedes Sapientiae” da Pontifícia universidade Católica de São Paulo, correspondente a 1958 / 1959. Da mesma forma procedi no tocante a um estudo relativo à poesia lírica e épica, sob o título de Variações em torno de Épico e do Lírico, estampado na revista “Anhembi” de julho de 1961. Mais adiante, refundi-o e republiquei-o, já agora com o título mudado para Do Épico e do Lírico, na revista “Alfa”, da Faculdade de Filosofia, Ciência e Letras de Marília, nº 1, 1962.Nesse ínterim, já planejara e escrevera grande parte dos capítulos constantes deste livro. Um deles, amplamente retocado e atualizado, apareceu na “Revista de Letras” da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Assis, nº 5,1964, sob o título de Conceito e Estrutura do Conto, o qual, para integrar a presente obra, sofreu ainda outras alterações. Depois de completá-la com capítulos relativos à novela, ao romance e à crítica, reescrevi ou retoquei todos os capítulos anteriormente redigidos. E dei por finda a tarefa.

Editora MELHORAMENTOS.

4ª Edição, 1971.

354 páginas.

 

 
0

TEORIA DA LITERATURA – 2ª EDIÇÃO

SAM_4190

DISPONÍVEL

 

Livro de VITOR MANUEL DE AGUIAR E SILVA.

Esta obra nasceu dos cursos sobre Teoria da Literatura que, desde o ano letivo de 1962-63, vimos regendo na Faculdade de Letras de Coimbra. Iniciávamos, então, logo após a conclusão da licenciatura, a carreira de docente universitário, e foi com juvenil entusiamo que empreendemos a tarefa de estabelecer programas e rumos de investigação, consagrando o melhor do nosso esforço ao estudo desta tão fascinante e tão complexa disciplina. E esse juvenil entusiasmo que explica ainda a presente aventura icária – a apresentação desta Teoria da Literatura a um público mais vasto do que o restrito auditório escolar que foi o seu primeiro destinatário.

Uma obra como a que publicamos, dado o teor das matérias nela versadas, convida necessariamente o  leitor ao diálogo crítico, à discordância, à restrição. O contrário é que seria muito estranhável. Gostamos de sublinhar, todavia, que procuramos ser objetivos e rigorosos, evitando escrupulosamente distorções e estreitezas sectárias.

Temos consciência das limitações desta obra. Apontamos, em especial, as faltas de um capítulo sobre as relações da literatura com as outras artes, de um estudo da estrutura da tragédia e da comédia, de capítulos consagrados à análise de estilos e períodos literários como o realismo e o simbolismo. Pensamos preencher estas e outras lacunas numa próxima edição.

Editora LIVRARIA ALMEDINA – COIMBRA.

701 páginas.