0

O SERTÃO E A CIDADE – O SERTÃO DE GUIMARÃES ROSA 50 ANOS DEPOIS

Posted by admin on jan 15, 2011 in + HISTÓRIA, + LITERATURA, - BRASILEIRA, - CRÍTICA

DISPONÍVEL

Livro de ÁLVARO ANDRADE GARCIA.

O ano de 2006 marca meio século da publicação de Grande sertão: veredas, romance que consagrou Guimarães Rosa e seu relato da guerra entre bandos de jagunços no sertão de Minas. O que aconteceu na região nesses cinquenta anos?
Essa pergunta foi o ponto de partida do projeto www.sertoes.art.br, que atualiza informações sobre o noroeste de Minas Gerais. Para responder a ela, Álvaro Andrade Garcia e sua equipe visitaram a história já contada em livros e filmes e ouviram aqueles que participam da história contemporânea. O que encontraram foi um sertão bem diferente daquele retratado por Rosa. Um sertão em tempos de globalização, que traz muitas questões para nós, brasileiros dos anos 2000.
O projeto busca estimular a reflexão e a geração de respostas para os problemas atuais.

Editora PETRÓPOLIS.

45 páginas.

Tags:,

 
0

BONITEZA SILVESTRE

Posted by admin on jan 15, 2011 in + ANIMAIS, + INFANTO-JUVENIL, + LITERATURA, - BRASILEIRA, - POEMA

DISPONÍVEL

Livro de LALAU & LAURABEATRIZ.

Neste livro liricamente engajado, Lalau faz poesia para os animais que o homem ameaça com sua cobiça. São onze bichos-poemas lindamente ilustrados por Laurabeatriz, numa verdadeira reverência à biodiversidade brasileira. A Coleção Bicho-poema é a primeira coleção brasileira de livros infanto-juvenis verdes e livres de carbono (carbon free). Além disso, a coleção inclui um divertido jogo de cartas com as imagens dos animais – o Jogo do Bicho-poema.

Editora PETRÓPOLIS.

35 páginas.

Tags:, ,

 
0

A BELA ADORMECIDA

Posted by admin on dez 3, 2010 in + INFANTIL, + INFANTO-JUVENIL, + LITERATURA, - BRASILEIRA

DISPONÍVEL

Livro de TAISA BORGES. Obra de  CHARLES PERRAULT.

Este terceiro livro da coleção “Livro de Imagem” traz o texto original de Charles Perrault na releitura imagética de Taisa Borges, autora de João e Maria e O rouxinol e o imperador, com o qual foi agraciada com o prêmio de Melhor livro de imagens de 2005 pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ).
A bela adormecida fecha o ciclo de homenagens aos contos de fadas, uma leitura impressionante para Taisa, que afirma: “Eu nunca tinha ouvido falar do final original descrito por Perrault, em que a mãe do príncipe é um ogro e deseja comer os próprios netos, acabando no caldeirão por suas maldades. O que nos encanta como leitores é a qualidade dos textos orais descritos na sua versão integral do século XVII”.

Editora PETRÓPOLIS.

28 páginas.

Tags:, ,